Descartes deu o mote. A filosofia deste deste espaço é antes de mais dedicado ao sonho, às duvidas existênciais à escrita e ao prazer da leitura, um blog onde a actualidade não pode deixar de estar presente.



translator 翻訳 Переводчик

C V - Contador de visitas

contador de visitas para blog



24 horas para salvar Sakineh




As autoridades iranianas poderão executar por enforcamento Sakineh Ashtiani.

Em julho, um protesto mundial a salvou da morte por apedrejamento. Agora, o governo iraniano emitiu ordens de execução com base em falsas acusações, ela pode morrer em um dia. Temos apenas poucas horas para conseguir os líderes mundiais, com influência no Irão para fazer todo o possível para salvar sua vida.

Existe um formulário a circular (ver site) para enviar uma mensagem de emergência directamente aos líderes da Turquia, Brasil e principais nações da ONU, que poderia influenciar o Irão a suspender a execução. Esses mesmos líderes atenderam os nossos apelos em Julho e Agosto,

Está na hora de nos levantarmos e fazermos ouvir a nossa voz e acabar com este ultrage à humanidade e salvar de uma vez por todas Sakineh!


Saber mais detalhes no blog da nossa amiga Ana Martins em:




http://avesemasas.blogspot.com/2010/11/sakineh-mohammadi-ashtiani-para-todas.html

VAMOS ERGUER A NOSSA VOZ, CADA UM EM SEU ESPAÇO , FAZER COM QUE ESTE ESTE CASO TENHA UM DESFECHO DIFERENTE.

-------------------------------------------------------------------------------------------


5 de Novembro 2010

Dizem que a sentença foi adiada, a ver vamos, mas nunca se sabe.....


2 comentários:

  1. Isso é uma barbaridade mesmo!Triste! abraços,chica

    ResponderEliminar
  2. amigo,lleno de luz,que podemos hacer,desde tan lejos?...si la asamblea internacional de los dh,no pone el cuerpo...nada,podemos...aca se nos mueren los pibes,por la fuerza policial, por hambre...que patria mi pobre patria!
    comparto evidentemente contigo...el reclamo
    un abrazo inmenso...no entro a facebook,salvo para promover el blog...
    lidia-la escriba

    ResponderEliminar

Contacto por correio electrónico

Antoniogallobar@sapo.pt