Descartes deu o mote. A filosofia deste deste espaço é antes de mais dedicado ao sonho, às duvidas existênciais à escrita e ao prazer da leitura, um blog onde a actualidade não pode deixar de estar presente.



translator 翻訳 Переводчик

Dizem ser a geração à rasca







Que futuro para o povo e para os nossos jovens que saem das faculdades sem vislumbrarem alternativas quanto ao futuro.

Oitenta mil nas ruas do Porto, milhões pelo País inteiro, quarenta anos após a revolução de Abril, o povo saiu à rua, ignorando os partidos políticos, exigindo uma mudança de atitude por parte das autoridades e políticos, protestando contra a precariedade que grassa de norte a sul.

3 comentários:

  1. milhões pelo País inteiro,,,,pois

    200mil mais 80mil no Porto ou seja

    menos de 300mil numa zona urbana com mais de 4 milhões

    mais 300 em Castelo Branco quase 500 que apanharam o barco no Barreiro para chegar ao outro lado

    dá milhões...

    ResponderEliminar
  2. Parabéns aos jovens pela dinâmica e pelo grito de revolta que fizeram ouvir estes dias.
    Espero que saibam manter acesa esta chama e que não se deixem colar aos oportunistas da politica baixa e suja com laivos de sangue e revolta.

    ResponderEliminar
  3. ANTONIO,YO APLAUDO,Y COMPARTO LA PROTESTA,UE ES POR JUSTICIA,Y NO PARA DEJAR PASAR,LOS QUE ESTAN Y LOS QUE VENDRÁN!
    GRACIAS,POR LAS ILUSTRACIONES!
    SON CASI,CASI COMPARATIVAS,DE OTROS MUNDOS,LATINOS,
    UN ABRAZO,FIEL POETA!
    BESOS,GRACIAS
    LIDIA-LA ESCRIBA

    ResponderEliminar

Contacto por correio electrónico

Antoniogallobar@sapo.pt