Descartes deu o mote. A filosofia deste deste espaço é antes de mais dedicado ao sonho, às duvidas existênciais à escrita e ao prazer da leitura, um blog onde a actualidade não pode deixar de estar presente.



translator 翻訳 Переводчик

Como é possível sermos tão ridicularizados por quem tanto amamos?

Uma vergonha que nos envergonha e envergonha os nossos amigos do Brasil.
.
.


Francamente haja algum pudor, é assim que nos pagas MAITÊ PROENÇA... Sabemos que é um sapo que todos tivemos que engolir ao saber que quem ligou para um programa de televisão possa ter votado no Salazar, mas viver em Democracia é saber respeitar opiniões mesmo contrarias às nossas, eu respeito muito a sua opinião mas lamento dizer-lhe estimada Maitê (desculpa trata-la assim mas habituei-me a vê-la entrar regularmente em minha casa pela TV ao longo de tantos anos que quase já a tratamos como se fosse da família...) mas acho que passou dos limites, por favor alguém aí desse lado do Atlântico explique a esta Senhora que não é assim que se deve proceder e já agora um pedido de desculpas não lhe ficaria nada mal.



LAMENTÁVEL E DESPRESTIGIANTE ESTE COMENTÁRIO LAMENTO DIZER-LHE MAS FICOU MUITO MAL NO RETRATO.

5 comentários:

  1. Por vezes, são essas pessoas que têm a mania da grandeza, de tentar passar uma imagem delas próprias de pessoas cultas. Mas no fundo quando questionadas sobre alguns assuntos, mais valia fechar a boca!
    Um beijo,
    Judite

    ResponderEliminar
  2. Ola!
    Vim nas asas do anjo azul conhecer o teu blog.
    Confesso que nao compreendi o video, sera que a burra sou eu aqui?
    Beijos de alem mar
    Rachel

    ResponderEliminar
  3. Maitê é uma filha da alta classe e que finge ser mulher de cabeça boa o tempo todo...
    Uma coisinha de colocar em vitrine e a TV Globo é a vitrine das mentiras.
    Pode acreditar.

    ResponderEliminar
  4. Achei de uma grosseria sem igual!
    São por essas e outras que nós brasileiros e brasileiras sofremos determinados preconceitos. Uns fazem e outros pagam. Sou estudante da Universidade do Porto, e amo o vosso país, a vossa gente, e peço-vos desculpa pelo desrrespeito dessa senhora, que felizmente não representa o povo do Brasil!

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  5. Realmente constrangedor também para nós brasileiros...

    ResponderEliminar

Contacto por correio electrónico

Antoniogallobar@sapo.pt