Descartes deu o mote. A filosofia deste deste espaço é antes de mais dedicado ao sonho, às duvidas existênciais à escrita e ao prazer da leitura, um blog onde a actualidade não pode deixar de estar presente.



translator 翻訳 Переводчик

C V - Contador de visitas

contador de visitas para blog
China: Idoso bebe gasolina para tratar da tosse e dores de garganta




Na edição on-line do Correio da Manhã de Hoje, li esta curiosa notícia, é caso para dizer NÃO TENTE FAZER ISTO EM CASA, POIS PODE CORRER MAL, mas tem o seu quê de curioso, deve ser por isso que a gosolina está exageradamente cara...


Aqui fica o texto integral:






Foto publicada na noticia do Correio da Manhã
Chen De, o ancião de aparência frágil - mede um metro e meio de altura e é muito magro - disse que, todos os meses, bebe entre três a quatro litros de gasolina.


O homem disse que começou a consumir querosene em 1969, quando uma pessoa lhe recomendou o produto para tratar uma tosse muito forte, e que continuou a consumir depois de confirmar que o combustível era eficaz para suavizar a garganta.



Chen De iniciou-se no consumo da gasolina mais tarde, com a

redução da venda de querosene na China.


O indivíduo, que calcula ter consumido cerca de uma tonelada e meia de combustível desde 1969, defende que o consumo dos produtos tóxicos tem sido muito benéfico para a sua saúde.



Chen De vive sozinho há oito anos para evitar conflitos com os filhos que o têm tentado convencer a deixar de consumir gasolina e querosene. Depois de terem tomado conhecimento do caso, médicos do hospital Honglou de Chongqing, analisaram Chen e ofereceram-lhe um tratamento gratuito para controlar a doença, mas o ancião declinou, argumentando que a sua saúde tem estado muito bem nos últimos anos e que não tem necessidade de recorrer a nenhum hospital.



Os médicos confirmaram que a saúde de Chen é normal, apesar de ter os pulmões um pouco inflamados, ao concluírem que o corpo do paciente já deve ter desenvolvido uma adição ao consumo de combustível. Segundo os cálculos, a quantidade de combustível consumida por Chen nos últimos 42 anos era suficiente para percorrer 21.600 quilómetros de automóvel. (clic aqui para ler a noticia)







4 comentários:

  1. insólito!

    mas com a crise dos combustíveis, vai ter que se fixar numa outra coisa qualquer

    mais ecológica, digo...

    talvez seja descendente do homem que engolia fogo e percorria as praias a cheirar a gasolina

    um abraço

    manuela

    ResponderEliminar
  2. Ouvi a notícia e, como não podia deixar de ser, fiquei pasmada. O corpo humano é uma coisa extraordinária e acho que nunca o vamos conhecer completamente. Ele se adapta e lá vai criando as defesas necessárias para se manter. É surpreedente! Um beijo e até breve
    Emília

    ResponderEliminar
  3. Nooossa, que notícia essa! Nunca teria coragem de nem ao menos PENSAR em fazer algo assim, quanto mais FAZER!

    Um abração, tudo de bom, obrigado pelo carinho e até a volta! chica

    ResponderEliminar
  4. Amigo avatar,
    Uma homenagem para você no Blog pelo Dia do Amigo (18 de abril no Brasil, 20 de julho no mundo):
    http://michele-dos-santos.blogspot.com/2011/07/amigos.html

    ResponderEliminar

Contacto por correio electrónico

Antoniogallobar@sapo.pt